terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Imagem da Casa das Ciências

 


TÍTULO

Carapaça de Echinocardium cordatum

EDITOR

Nuno Formigo


DESCRIÇÃO
A imagem foi captada na face de praia do troço costeiro entre a Praia Supertubos, Peniche, e a Praia da Consolação. A carapaça, branco-amarelada, de aspeto frágil estava praticamente intacta. A consulta de bibliografia adequada permitiu a identificação da espécie a partir dos restos do ser vivo. Destacam-se algumas particularidades da espécie fotografada, comum na costa portuguesa, vulgarmente conhecida como “batata-do-mar”. Este equinoide possui cor castanha amarelada, forma oval, espinhos finos, curtos, distribuídos densamente por toda a carapaça e quase impercetíveis, vivendo enterrado nos sedimentos. A forma e disposição dos espinhos constituem adaptações desta espécie ao seu tipo de habitat, pois evitam que a superfície do corpo fique colmatada com sedimento, o que dificultaria, por exemplo, as trocas gasosas. Pode atingir 9 cm de comprimento, apresentando cinco fiadas de pés ambulacrários, das quais a anterior é a maior. Esta fiada é muito diferente das restantes, ficando situada num sulco conspícuo que se estende até à boca.

Sem comentários:

Publicar um comentário